Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Tira- gosto »

As 6 melhores coxinhas de Ribeirão

16/07/2018

por: Fran Micheli
As 6 melhores coxinhas de Ribeirão
Fotos: Sté Fratesqui

Amadas, idolatradas, desejadas, recheadas. Fomos atrás das coxinhas que realmente valem a pena serem conhecidas em Ribeirão Preto e que estão fora dos holofotes gastronômicos. Convidamos um corpo de jurados especializados em vadiagem botequeira e conhecemos novos e velhos lugares que capricham na hora de montar a iguaria mais famosa do Brasil. E agora dividimos o resultado desse roteiro com você, com avaliações de 1 a 5 baseadas em quesitos como: crocância, textura, sabor, quantidade de recheio etamanho.

Aprecie sem moderação!

Os convidados do júri

JP Trovó: produtor de moda e stylist com foco em publicidade e filmes nacionais. Não se importa em sair do shape para degustar as melhores coxinhas da cidade.

Lili Ribeiro: empresária, sócia da Farofa Magazine, formada em gastronomia, metade São Paulo, metade Portugal, gosta de provar tudo que tenha tempero, cor, aromas, sabores, texturas e gosto de quero mais.

Daiany Maia: é fundadora da agência Ovelhas Negras, mas seu melhor job é fazer panceta.

Mauro Homam: designer de interiores, cozinheiro e com um apetite imenso pelas coisas boas da vida.

Quesitos avaliados: Aparência, tamanho, crocância da casca, massa, quantidade de recheio, textura, tempero e sabor, temperatura e ambiente. Todos os jurados deram suas notas em cada quesito e o resultado é a média geral.

---------------------------------------------------------------------------------------------

6º lugar

Tira-Gosto
Imagina um lugar ideal para sentar e tomar uma cerveja estupidamente gelada depois de um dia de trabalho? O Tira-Gosto é um boteco-salgadeira com um cardápio super variado. A coxinha vem em diversas versões: tradicional de frango, camarão, brócolis, carne seca, entre outras. Acompanhamos a produção na cozinha: todas as coxinhas são montadas e fritas na hora, de acordo com o pedido de cliente! Apesar de todo o cuidado, os jurados destacaram o excesso de sal na receita. 
Conceito geral: 3,1
Av. do Café, 605 - Vila Amélia

---------------------------------------------------------------------------------------------

5º lugar

A Baronesa
A antiga lanchonete no Centro da cidade é um ponto de parada obrigatória antes de pegar o busão para o trabalho ou escola. O salgado também teve a aparência mencionada pelos jurados. Foi uma das maiores coxinhas que provamos, porém os participantes a consideraram “massuda” demais. Vale por uma refeição na hora da pressa.
Conceito geral: 3,3
Rua Américo Brasiliense, 581 - Centro

---------------------------------------------------------------------------------------------

4º lugar

Coxinhas Dona Nita
No Jardim Irajá, a Coxinhas Dona Nita promete trazer a tradição de Bueno de Andrada, pequena cidade próximo à Araraquara famosa pela iguaria. Tem casquinha super crocante e resistente à mordida do jeito que tem que ser e a massa mais bem avaliada pela maioria dos jurados. 
Conceito geral: 3,4
R. Chile, 1101 - sala 5 - Jardim Irajá

---------------------------------------------------------------------------------------------

3º lugar

Coxinha Paulista
No coração do Jardim Paulista, a Coxinha Paulista atrai estudantes e trabalhadores da área. Nas avaliações, os jurados destacaram  itens como tamanho ideal e crocância da casca. E tem duas opções de recheio: a tradicional e com requeijão. Tivemos uma certa decepção porque algumas vieram com o recheio gelado, apesar de terem sido fritas na hora. No entanto, isso foi avisado pela proprietária quando fizemos o pedido. Nossa dica é pegar a coxinha da estufa para não correr esse risco.
Conceito geral: 3,4
Rua Henrique Dumont, 568 - Jd. Paulista

---------------------------------------------------------------------------------------------

2º lugar

Arpoador
Um local agradável e com carinha de praia pra você desestressar no happy hour ou final de semana. A porção de coxinhas causou comoção generalizada em nossos jurados: de tamanho médio, elas são ideais para dividir com amigos. Recheio cremoso na medida e casquinha crocante que derrete na boca. Uma grata surpresa para os olhos e o paladar.
Conceito geral: 3,6
Praça Rotary Club, 105 - City Ribeirão

---------------------------------------------------------------------------------------------

1º lugar

Bar da Tia Nena
O bar de esquina no Ipiranga reúne o pessoal que não abre mão de uma sinuca no fim do dia. E tem também uma das coxinhas mais bem avaliadas pelos nossos jurados! O Bar da Tia Nena foi surpreendente, já que ela vem pessoalmente cumprimentar os clientes e trazer as coxinhas quando elas saem da fritadeira. De tamanho GG, a coxinha ganhou destaque pela quantidade e sabor do recheio: o molho de pimenta utilizado é feito na casa e é segredo de Estado. Uma das jóias escondidas na nossa periferia!
Conceito geral: 3,8
R. Rua Guaporé, 1044 - Ipiranga

---------------------------------------------------------------------------------------------

HORS CONCOURS

Foto: Rafael Almeida

Sabemos que, provavelmente, você deve estar pensando: mas e a coxinha do Vila Dionísio, gente, cadê? Pois é, ela já é tão famosa, que decidimos dar menção honrosa fora do "concurso" pelo histórico e preferência dos ribeirão-pretanos. Afinal, é sempre bom conhecer algo fora da nossa zona de conforto, né?

Sugestões da casa:

 

Tira- gosto
10 ótimos lugares para almoçar em Ribeirão Preto com até 16 reais

10 ótimos lugares para almoçar em Ribeirão Preto com até 16 reais

Quer variar o almoço de segunda a sexta? Preparamos uma lista de PF’s deliciosos e baratos.
21/08/2017
Tira- gosto
9 lugares novos para conhecer em Ribeirão

9 lugares novos para conhecer em Ribeirão

Quer saber as novidades gastronômicas que acabaram de chegar em Ribeirão? Então já pode planejar seu tour com a nossa lista de 9 lugares interessantes na cidade!
21/05/2018
Tira- gosto
12 documentários sobre comidas e bebidas no Netflix

12 documentários sobre comidas e bebidas no Netflix

Selecionamos produções de qualidade que abordam a comida e a bebida de forma curiosa e histórica. Salve a lista para a sua próxima maratona!
01/09/2017
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #01
artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Brigando com nossos gostos cervejeiros

Bia Amorim

Bia Amorim

Dias de RIS

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

Fred Banionis

Fred Banionis

Assepsia cervejeira

saiba antes, saiba mais: