Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Quentinhas »

Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto é reconhecido como APL - Arranjo Produtivo Local

12/04/2018

por: Redação Farofa Magazine
Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto é reconhecido como APL - Arranjo Produtivo Local
Polo Cervejeiro reúne seis cervejarias de Ribeirão Preto . Imagem Divulgação

Ribeirão Preto vai ganhar um incentivo a mais à sua vocação cervejeira. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo reconheceu o Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto como um Arranjo Produtivo Local (APL). A medida deve estimular e facilitar o acesso de microcervejarias a importantes políticas públicas, linhas de crédito, redução de alíquotas, além de incentivos à estrutura e promoção do Polo Cervejeiro.

A aprovação do projeto aconteceu durante reunião da Rede Paulista de Arranjos Produtivos Locais, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo. Depois de aprovado, o APL passa a ser uma das prioridades de trabalho da Rede Paulista.

O projeto apresentado à Secretaria enfatizou a importância da aprovação do APL e conta a história da tradição da cidade na produção de cervejas artesanais e o reflexo disso para a economia. Ele foi elaborado a partir de uma parceria entre o Supera Parque e Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto – um dos núcleos setoriais do projeto Empreender da ACIRP, que promove ações que desenvolvem e fortalecem as micro e pequenas empresas através do associativismo.

Para Augusto Balieiro, membro do polo cervejeiro e administrador da Walfanger, a aprovação do polo como Arranjo Produtivo Local é importante, pois vai ajudar a fortalecer não só a indústria das microcervejarias, como também toda a cadeia produtiva, o que inclui produtora de bens e serviços finais, além de fornecedores de equipamentos e insumos utilizados pela indústria da cerveja.

“O polo cervejeiro está bem representado e estruturado, trazendo bastante destaque para Ribeirão Preto. O reconhecimento do polo como um Arranjo Produtivo Local vai ajudar ainda mais a potencializar e articular nossas ações, que desde o início recebem apoio e consultoria da ACIRP por meio do projeto Empreender”, define.

Projeto Empreender – O Programa Empreender nasceu em 1991 e foi idealizado por um projeto desenvolvido pelas Associações Comerciais e Industriais de Santa Catarina, Blumenau, Brusque e Joinville. Por meio da parceria entre ACIRP e SEBRAE - Ribeirão Preto, o projeto foi implantado na cidade e já conta com vários núcleos setoriais. Os núcleos são grupos de empresários de um mesmo segmento que se reúnem periodicamente e, orientados por um consultor da ACIRP, atuam em conjunto para desenvolver seus mercados.

Polo Cervejeiro – O Núcleo Setorial das Cervejarias, conhecido como Polo Cervejeiro de Ribeirão Preto, foi fundado em 11 de novembro de 2015, com o principal objetivo de fomentar o desenvolvimento do setor no município e na região. Seis cervejarias artesanais fazem parte do grupo: Invicta, Lund, Pratinha, SP330, Walfänger e Weird Barrel.

APLs – São aglomerações de empresas, localizadas em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais, tais como: governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. Ribeirão Preto já conta com outros dois APLs reconhecidos. O PISO, Polo Industrial do Software, que também surgiu como um Núcleo Setorial do Programa Empreender da ACIRP, foi reconhecido como APL em 2013. Já o APL da Saúde, reconhecido em 2013, reúne os segmentos de equipamentos médico-hospitalares e odontológicos, saúde animal, fármacos e biotecnologia, e cosméticos.

Sugestões da casa:

 

Quentinhas
É tempo de buteco, Ribeirão Preto recebe 9º Festival com 18 bares participantes

É tempo de buteco, Ribeirão Preto recebe 9º Festival com 18 bares participantes

Do dia 13 de abril até 6 de maio, acontece o mais esperado Festival Gastronômico da região. Os bares e butecos da cidade preparam iguarias e disputam o prêmio de melhor petisco.
14/04/2018
Quentinhas
Curso de mixologia brasileira ensina sobre coquetelaria nacional

Curso de mixologia brasileira ensina sobre coquetelaria nacional

O Curso de Mixologia Brasileira é ministrado por Marco De la Roche, pioneiro no país, que já formou mais de 190 pessoas com seu curso de Mixologia. A primeira turma deste módulo acontecerá nos dias 02,03,04 de julho de 2018 em São Paulo.
06/06/2018
Quentinhas
Jornalista lança livro sobre cervejas e comidas mineiras

Jornalista lança livro sobre cervejas e comidas mineiras

Obra conta a história de oito cervejarias e traz dicas de harmonização com pratos típicos da culinária mineira. Lançamento é neste dia 30 de setembro, em Belo Horizonte.
15/09/2017
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #02
artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Eu não tomo cerveja no copo certo

Bia Amorim

Bia Amorim

Brigando com nossos gostos cervejeiros

Bia Amorim

Bia Amorim

Dias de RIS

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

saiba antes, saiba mais: