Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Entrevistas »

Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira

26/05/2018

por: Bia Amorim
Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira
Alessandro Augusto, gerente de Marketing da Cervejaria Invicta. Foto: Rafael Almeida.

Faz 7 anos que a Cervejaria Invicta colocou os tanques na Av do Café, Zona Oeste de Ribeirão Preto. Na frente, cobrindo a visão dos tanques para quem passasse na rua, um barzinho modesto. Bem cara de bairro e com comida simples, nas torneiras os chopes que corriam o país inteiro. Foi assim que ficou durante algum tempo. Hoje, já mudou de casa, sem mudar muito de endereço. Cresceu, mudou de cara, trouxe novos conceitos. Cervejaria, Bar, Entretenimento e loja de insumos para homebrew fazem da Invicta um lugar para respirar cultura cervejeira. Entrevistamos o Alessandro Augusto, gerente de marketing, para contar um pouco mais sobre a empresa.

1. Porque a invicta está longe do burburinho da cidade? A Vila Tibério se mostrou um bom bairro para ter a cervejaria?

Por conta do caráter industrial da empresa, era necessário a escolha de um local mais amplo, o que é mais difícil de se encontrar na zona sul, houve também restrição de instalação da fábrica em outras regiões da cidade. A avenida do Café era um dos lugares em que era possível instalar uma fábrica do porte da Invicta, o que se mostrou uma escolha positiva, pois é um pedaço da cidade que apresenta um clima mais bucólico, a Café já possuía um ótimo movimento por conta da proximidade da USP e de ter muitos bares e restaurantes, enfim, foi uma decisão acertada montar a cervejaria neste pedaço da zona oeste.

Rodrigo Silveira, sócio e mestre-cervejeiro da Invicta. Foto: Rafael Almeida

2. Como é atender um público no bar e ter nos tanques cervejas que viajam para tão longe e um público bem nichado?

É uma situação muito bacana porquê é democrática, no bar atendemos vários tipos de público, desde aqueles que gostam de tomar uma Invicta Pilsener no happy hour, até aqueles que procuram por estilos mais complexos como uma RIS ou IIPA. Por termos uma carta de cervejas bem variada, cerca de 25 rótulos, conseguimos atender uma gama ampla de público.

3. Porque a marca mudou o visual anos atrás, com o símbolo que antes foi de um rótulo de cerveja? Isso mudou também o público consumidor?

Fizemos a mudança da marca no começo de 2015, tínhamos a sensação que a logo antiga, representada pela coroa, não traduzia o que era a Invicta, uma cervejaria ousada que produz cervejas potentes, complexas e principalmente polêmica como a 1000 IBU. Tanto é que o soco, que já estampava o rótulo da “cerveja mais amarga do brasil”, acabou se tornando o símbolo da cervejaria e mais adequado para o naming. Com a mudança de logo veio a mudança dos rótulos, tínhamos dificuldade em posicionar os rótulos na gôndola, todos eram muito parecidos e acabavam confundindo o consumidor, além de não serem muito atrativos. Foi recompensador o quanto algumas cervejas deslancharam após a mudança.

Pretz. Microbius Experience tocando em evento da fábrica. Foto: Rafael Almeida.

4. Depois da mudança para o prédio novo, a marca se especializou em fazer eventos de pequeno e de maior porte. Como é essa rotina dentro de um local onde o foco é produzir cerveja? Tem uma equipe hoje só para atender essa demanda?

Criamos os eventos no intuito de trazer o público para dentro da cervejaria, respirar a cultura cervejeira, ter a chance de curtir um evento num local bacana, com boa música, estrutura e com o diferencial de estar dentro da fábrica, por aqui usamos a expressão “tomar uma com vista para os tanques”. Hoje temos eventos de porte menor que acontecem no bar, como a Churrascada e Hamburgada, com clima descontraído e música, e os eventos maiores, que atraem entre 1500 a 2000 pessoas como o Knock Down, que é gratuito, e o Nocaute, nossa festa de aniversário que é open bar, cervejarias convidadas e atrações musicais de peso. 
Os eventos são organizados pelo departamento de marketing com o apoio de outras áreas da cervejaria, como o disque chope que é especialista em montagem. Além da nossa equipe, contratamos temporários para atendimento no bar, caixas, segurança, limpeza e toda estrutura necessária para realizar um evento organizado e confortável ao público.

Quer diversão? Quer turma feliz? Então toma =). Entusiastas cervejeiros em festa da Invicta. Foto: Rafael Almeida.

5. Invicta chega em todos os estados do país?

A Invicta hoje está presenta em todos os Estados do Brasil através de distribuidores locais e regionais.

6. A Invicta tem planos maiores para o futuro? 

Estamos em fase de expansão, claro que a crise econômica que atingiu todo o setor refletiu por aqui também, mas encaramos essa fase com otimismo, lançando novos produtos como os eventos citados acima e as ações de vendas pelo site, como Semana da Justiça e Black Week. Temos certeza que quando passar este turbilhão estaremos mais fortes que antes.

7. Quais são as marcas ciganas que a cervejaria produz?

Hoje produzimos para nossos parceiros 2cabeças que é do Rio de Janeiro e a paulistana Velhas Virgens, marca que produziu a primeira cerveja envasada em garrafa na Invicta.

Sugestões da casa:

 

Entrevistas
5 perguntas para Thiago Fernandes, Gerente Operacional da Cervejaria Lund em Ribeirão Preto

5 perguntas para Thiago Fernandes, Gerente Operacional da Cervejaria Lund em Ribeirão Preto

Entrevista com Thiago Fernandes, sobre o mercado cervejeiro local e iniciativas para seu crescimento.
22/05/2018
Entrevistas
Entrevistamos Fernando Reis do festival gastronômico Restaurant Week

Entrevistamos Fernando Reis do festival gastronômico Restaurant Week

Com mais de 10 anos de sucesso, o Festival Restaurant Week passeia o Brasil com oportunidade para quem quer comer uma boa comida a preços mais acessíveis. Entrevistamos Fernando Reis, realizador do evento.
11/04/2018
Entrevistas
3 perguntas para o Rudson, responsável pelo marketing da Colorado em Ribeirão Preto

3 perguntas para o Rudson, responsável pelo marketing da Colorado em Ribeirão Preto

Bar do Urso, João Rock e turismo cervejeiro são os assuntos que conversamos em um bate papo rápido com Rudson Ferdinando, responsável pelo marketing da cervejaria aqui na cidade
02/09/2018
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #02
artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Eu não tomo cerveja no copo certo

Bia Amorim

Bia Amorim

Brigando com nossos gostos cervejeiros

Bia Amorim

Bia Amorim

Dias de RIS

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

saiba antes, saiba mais: