Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Entrevistas »

Point de fábrica cervejeira se torna reduto do rock, conheça a SP 330

13/08/2018

por: Bia Amorim
Point de fábrica cervejeira se torna reduto do rock, conheça a SP 330
Fernanda Marsiglia, toca o bar e toca rock no bar! Foto: Farofa Magazine

"Talvez seja a melhor IPA da cidade". É assim que se apresenta a Cervejaria SP 330 em sua publicidade. E tem mesmo uma cerveja do estilo India Pale Ale muito bem feita e amada. Sempre fresca, a Californication já está na lista de todos os amantes de lúpulo & rock. Mas a lista de líquidos amargos e criativos é muito maior e para isso se fez necessário um bar, mais pertinho, com muitas torneiras, som e boa comida, no meio do bairro do Jardim Botânico em Ribeirão Preto. Para contar um pouco mais sobre esse mercado, falamos com a sócia Fernanda Marsiglia, que toca o bar com mais alguns sócios.

Farofa Magazine: 1- Vocês sabem que Ribeirão teve muitos bares de rock que foram sucesso em anos anteriores, como é a responsabilidade de construir a marca em cima de entretenimento, rock e cerveja?

Fernanda Marsiglia: A bebida e a música sempre estiveram em sintonia, e cada vez mais procuramos unir essas duas paixões, cerveja e rock, com intuito de propagar e mostrar ao público que é a combinação perfeita.
Nós, sócios, tanto do Point, quanto os sócios da cervejaria temos uma conexão muito forte com esse estilo musical, é uma parceria de ideais em comum. Todas as nossas cervejas são inspiradas em músicas de rock. A principal ideia é oferecer ao mercado brasileiro cervejas de alta qualidade e que tem a essência de cada uma. E nada mais justo para os amantes do rock, que uma comemoração em grande estilo e originalidade.

FM: 2- Porque escolher o Jardim Botânico como local para o bar?
FM: A ideia era mesmo de trazer o bar da SP 330 para mais perto dos clientes, dentro da cidade, já que a fabrica se localiza na margem da Rodovia Anhanguera e dificultava o acesso para os clientes irem beber. O Jardim Botânico está bem localizado na Zona Sul de Ribeirão Preto e, encontramos o lugar ideal para montar o bar, com fácil acesso, localizado próximo a uma das avenidas mais charmosa de Ribeirão Preto, que é a Prof. João Fiusa. Contamos ainda com estacionamento em frente e um delicioso deck para quem gosta de curtir um “Hop Hour” na calçada.


FM: 3- O sistema de pet foi um sucesso e está em vários locais da cidade. Como foi dar o ponta pé em um projeto beta como este?
FM: Fomos os primeiros na região a implementar as pets de plástico, no começo com resistência do público, e até mesmos dos sócios. As pets são uma nova possibilidade dos clientes degustarem com qualidade, a cerveja fresca para viagem, com baixo custo de embalagem. Temos sempre a disposição as Pets de 1L ou 500ml, o cliente chega, escolhe qual ele quer levar e enchemos na hora, uma facilidade e tem uma boa saída.

FM: 4- O bar é franquia da Cerveja SP 330 ou é independente?
FM: O Point SP330 é uma franquia da Cervejaria SP 330, que surgiu para trazer os clientes e curtir a nossa cerveja juntamente com uma boa comida e boa música. A cervejaria priorizou focar e investir somente na fabricação e aumentar a sua produção, deixando assim para os franqueados a missão de levar a cerveja até os clientes. Nós nos reunimos e trabalhamos sempre juntos, para que a marca se desenvolva. Desde a parte de treinamento, atendimento, marketing, até a criação e a realização dos eventos são sempre pensados de forma conjunta a fim de trazer o melhor para nosso público.

FM: 5- A distribuidora tem funcionado tão bem quanto o bar? 
FM: A distribuidora ainda está caminhando, conquistando os clientes. Estamos no momento desenvolvendo uma ação mais reforçada para captar mais clientes que preferem beber em casa. Temos toda a estrutura em chopeiras a gelo e elétrica. Além disso, contamos com o melhor serviço de delivery. Fazemos a instalação e retirada dos equipamentos. Nossas maiores vendas são em feriados, épocas festivas e algum evento como aniversário e confraternização.

FM: 6- O público do rock é fiel, como manter a escolha de bandas e cervejas sempre alinhadas com o gosto do cliente?
FM: Temos um público que gosta muito de rock, sempre buscamos colocar na casa bandas que tocam clássicos do rock, mas também variamos com jazz e blues que sempre agradam também.
As bandas ao vivo tocam sempre às sextas, sábados e vésperas de feriados, as 20h30min até a meia noite. Em dias de eventos, temos bandas durante o dia também. Nos outros dias da semana temos som ambiente com um playlist bem variada, sempre respeitando o estilo rock.

Tio Limongi, o amargo (mas só de IPA) argentino da Cervejaria SP 330. Foto Farofa Magazine.

FM: 7- A influência do Tio, sócio argentino da fábrica, está na cerveja, no cardápio ou em ambas as coisas?
FM: Tio Limongi é sim além do nosso mestre cervejeiro, um chef de cozinha que inspira no cardápio do Point, sempre pensando nas combinações e harmonização de cada prato para cada estilo de cerveja. Tio foi quem trouxe a famosa Empanada argentina e o Choripan, dois dos pratos mais vendidos na casa. Em alguns eventos da casa, ele mesmo é quem prepara os pratos que são vendidos na casa.

Sugestões da casa:

 

Entrevistas
Lenha, carvão e fogo. Entrevistamos Juliano Lourenço, sócio da Churrascada Ribeirão

Lenha, carvão e fogo. Entrevistamos Juliano Lourenço, sócio da Churrascada Ribeirão

“Fogo de verdade, respeito ao animal através do seu aproveitamento total (de cabo a rabo), priorizamos a escolha de animais de qualidade superior entre os mais sérios produtores brasileiros, nossa lenha e carvão são 100% sustentáveis."
02/08/2018
Entrevistas
Entrevista: João Dárcio

Entrevista: João Dárcio

Mâitre no restaurante Amici, João fez um bate bola com a Farofa.
09/11/2016
Entrevistas
Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira

Vila Tibério, o bairro tradiça de Ribeirão Preto que abriga uma fábrica e respira cultura cervejeira

Em nossa série de entrevistas para profissionais do mercado cervejeiro de Ribeirão Preto, conversamos com Alessandro Augusto, gerente de marketing da Cervejaria Invicta, que fica em um bairro bucólico da cidade.
26/05/2018
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #01
artigos

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

Fred Banionis

Fred Banionis

Assepsia cervejeira

Bia Amorim

Bia Amorim

Café, a locomotiva de todos os dias

Aline Silva

Aline Silva

COMO AS REDES SOCIAIS MUDARAM O RELACIONAMENTO DOS RESTAURANTES

saiba antes, saiba mais: