Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Entrevistas »

Lenha, carvão e fogo. Entrevistamos Juliano Lourenço, sócio da Churrascada Ribeirão

02/08/2018

por: Bia Amorim
Lenha, carvão e fogo. Entrevistamos Juliano Lourenço, sócio da Churrascada Ribeirão
Juliano Lourenço. Foto: Arquivo pessoal.

Churrascada já é considerado o maior evento de carnes do Brasil. Com temática simples e foco gastronômico na proteína da carne, milhares de amantes do churrasco seguem essa turma por onde quer que estejam. Pode até ser bastante salgado o preço do ingresso que chega a custar R$400,00, mas os organizadores prometem entretenimento, networking e muito sabor. Aqui em Ribeirão Preto o último evento aconteceu no dia 30 de junho no espaço Bella Cittá e mais uma vez foi sucesso de vendas. Durante a festa, show de música sertaneja, cerveja e alegria tomaram conta do lindo dia que fez na cidade.

Para falar um pouco mais sobre o projeto, conversamos com Juliano Lourenço, sócio da Churrascada Ribeirão Preto. Com foco na cidade, ele nos conta um pouco sobre o sucesso do evento e o conceito por trás da marca. 

1. FM: A Churrascada ganhou um endereço fixo em Ribeirão Preto?
JL: Sim, felizmente a Churrascada Ribeirão já faz parte do calendário anual do evento.

2.FM: Além de São Paulo, quais outras cidades receberam o evento? 
JL: Rio de Janeiro, Ribeirão Preto, Goiânia, Indaiatuba e algumas partipações fora do país, levando também dois churrasqueiros parceiros para o maior festival de churrasco internacional em Dublin, na Irlanda e recentemente participação com um stand em um evento na Bélgica.

Ligia Karazawa, Profissional da Churrascada Ribeirão. Foto: Estudio Gustavo H


3.FM:Qual é o público que mais se interessa por esse tipo de evento?
JL: Amantes da carne de qualidade, pecuaristas e ou pessoas do meio da pecuária, lojistas que trabalham no segmento, como por exemplo dono de açougues e boutique de carne e também profissionais da área de gastronomia.

4.FM: Podemos dizer que é um Festival gastronômico com carnes de alta qualidade?
JL: Podemos dizer que sim, o melhor festival carnívoro do Brasil.

Churrascada Ribeirão. Foto: Estudio Gustavo H


5.FM: Existe algum manifesto sobre esse conceito?
JL: O manifesto da Churrascada é o uso de fogo de verdade, respeito ao animal através do seu aproveitamento total (de cabo a rabo), priorizamos a escolha de animais de qualidade superior entre os mais sérios produtores brasileiros, valorizamos o baixo processamento enaltecendo a integridade da fibra e a textura do corte, nossa lenha e carvão são 100% sustentáveis. A churrascada é feita por amigos, com amigos e para amigos.

"Plantamos o bem para cultivar amigos."

6.FM: Mais do que só a carne, vocês falam sobre fogo, lenha, celebração. O ritual primitivo é uma forma de contar nossa história e lembrar de como chegamos aqui? 

JL: A Churrascada é a concretização de um sonho. A realização de uma grande festa celebrando a gastronomia na sua forma mais bela, simples e primitiva: a união da carne com o fogo. Essa união deu início à gastronomia e à nossa evolução. A partir do domínio do fogo, nossos ancestrais, que dedicavam metade do tempo e energia à alimentação - caçando, mastigando e digerindo alimentos crus - evoluíram fisicamente. Passaram também a se dedicar a outras atividades como as artes, as ciências e o simples convívio social. Além disso, esses assadores primitivos descobriram que as reuniões em torno do fogo alimentavam não só os seus estômagos, mas também as suas almas. Alimentavam as relações e as amizades. Ao redor do fogo nascia à alimentação como fonte de prazer. É esse prazer e é esse espírito que cultivamos na Churrascada.

7.FM: É um ambiente de balada ou mais família e amigos em um dia bom para comer um churrasco?
JL: Para nós a Celebração é o principal. O churrasco é momento de reunir família e amigos em volta do fogo, como faziam nossos ancestrais. Prometemos música, festa e diversão! E claro, crianças são muito bem vindas.

Ambiente Familiar. Churrascada Ribeirão. Foto: Estudio Gustavo H


8. FM:Qual é a assinatura brasileira em um evento como este?
R: A Churrascada foi criada no Brasil por Rogério Debetti, Felipe Aversa e Gustavo Bottino, que basearam-se nos moldes de um evento carnívoro que já existia lá fora, tornando a Churrascada o Primeiro Festival de Churrasco do Brasil.
9.FM: Quem são as pessoas  escolhidas, produtoras dos animais?
JL: Priorizamos os produtores que reconhecem e valorizam o bem-estar animal como fundamental na qualidade do produto. 

10.FM: Qual foi o recorde de vendas de ingressos de vocês? O mais rápido de todo Oeste?
JL: O recorde foi da edição de Agosto/2018 em São Paulo, que foram vendidos 2.600 convites em menos de 6 horas.

Churrascada Ribeirão. Foto: Estudio Gustavo H


11.FM: É um evento também para os amantes da pecuária, como profissão e não somente ao  Chef Rôtisseur?
JL: Sem dúvida, todos os públicos são muito bem vindos.

Os próximos eventos acontecem em São Paulo (ingressos esgotados) e Barretos (ingressos a venda a partir de R$ 160,00, no link). Para assistir como foi em Ribeirão em 2017, tem vídeo deles aqui.

Sugestões da casa:

 

Entrevistas
Bar que não serve cerveja Pilsen? Conversamos com um dos piratas da Weird Barrel

Bar que não serve cerveja Pilsen? Conversamos com um dos piratas da Weird Barrel

Fomos até a espelunca mais pirata da cidade.
06/06/2018
Entrevistas
Point de fábrica cervejeira se torna reduto do rock, conheça a SP 330

Point de fábrica cervejeira se torna reduto do rock, conheça a SP 330

Conversamos com Fernanda Marsiglia, sócia do bar que abriga as cervejas da Cervejaria SP 330 e como as coisas andam por lá.
13/08/2018
Entrevistas
3 perguntas para o Rudson, responsável pelo marketing da Colorado em Ribeirão Preto

3 perguntas para o Rudson, responsável pelo marketing da Colorado em Ribeirão Preto

Bar do Urso, João Rock e turismo cervejeiro são os assuntos que conversamos em um bate papo rápido com Rudson Ferdinando, responsável pelo marketing da cervejaria aqui na cidade
02/09/2018
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #01
artigos

Bia Amorim

Bia Amorim

Brigando com nossos gostos cervejeiros

Bia Amorim

Bia Amorim

Dias de RIS

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

Fred Banionis

Fred Banionis

Assepsia cervejeira

saiba antes, saiba mais: