Para o topo
Farofa Magazine
Farofa Magazine
página inicial » Editorial »

13 coisas para não fazer bebendo cerveja artesanal

08/04/2018

por: Bia Amorim
13 coisas para não fazer bebendo cerveja artesanal
Photo by Adam Wilson on Unsplash

Toda semana tem um texto novo na web falando sobre qual cerveja tomar, que evento ir, qual comida harmonizar, qual cerveja da estação e muitos assuntos. Mas e o que não fazer no mundo cervejeiro, bebendo cerveja ou falando sobre ela?

1. Não fale que cervejas mais florais ou doces não são cervejas, são “bebida de menina.” Existem mais de 150 estilos diferentes de cerveja, cada receita tem um sabor e propósito diferente. Essa piadinha já tá velha;

2. Não gele sua cerveja até quase congelar. Estupidez é não entender que podemos estragar determinado estilo se servir na temperatura errada. Pode tomar cerveja gelada, mas observe a indicação;

3. Não viva só de comprar promoção. Faça buscas de preço pela internet, por telefone, no empório mais próximo. Os valores mudam muito de uma empresa para outra. Promoção é bem legal, mas limita muito as escolhas. As vezes estilos que não envelhecem bem estão baratíssimos e vencendo logo mais;

4. Não sirva em copos sujos, engordurados. Pode escolher um copo simples, desde que esteja bem limpo.

Photo by Pawel Kadysz on Unsplash

5. Cervejas mais alcoólicas e mais fortes normalmente duram bastante. Poucas cervejas são realmente de guarda por muitos anos, mas tem várias que mesmo perto do vencimento ainda tem muita vida pela frente. Essas valem a pena esperar, não abra a toa;

6. Não fale mal dos amigos(as) que bebem uma cerveja “mainstream”. É o famoso “cuspir no prato que comeu”. Além do mais, a escolha de uma cerveja não deveria formar o caráter de uma pessoa, fica na sua;

7. Não ache que você sabe tudo sobre o uso do milho na cerveja, nada pode ser generalizado e fica compartilhando como se fosse esse o vilão, o assunto é mais embaixo;

Photo by Archit Dharod on Unsplash 

8. Não faça dos erros alheios um motivo para ser violento na internet. O mundo da cerveja artesanal é pequeno, não começe uma briga, não crie inimizades, muito pelo contrário, faça amizades para beber com elas;

9. Não procure só defeito na cerveja, se procurar qualidades a cerveja sempre será melhor, os defeitos aparecem, se você não está trabalhando, tome se divertindo;

10. Não ache que só porque a cerveja está turva ela é esquisita. Não filtrar é uma opção para muitas receitas, mantém muitos sabores e a sensação de boca é bem interessante;

11. Não critique sem antes experimentar. Quando o fizer, saiba argumentar e faça sua parte, se quer uma cerveja melhor, ajude quem fez e mande seu feedback diretamente a quem carrega o malte;

12. Não leia em uma só fonte. Existem vários blogs e sites legais que falam sobre cerveja. Muitos pensamentos são divergentes e isso cria uma cenário muito favorável ao melhor desenvolvimento, debate e movimentação do setor;

13. Não leve 12 ao invés de 6 se a qualidade e o preço estiverem em disputa.

Sugestões da casa:

 

Editorial
Buscar alimento onde sobra, levar a quem falta

Buscar alimento onde sobra, levar a quem falta

Em Ribeirão Preto, mensalmente, o programa Mesa Brasil redireciona 15 toneladas de vegetais em bom estado que iriam para o lixo.
19/10/2017
Editorial
Bar do Evaldo é tesouro escondido nos Campos Elíseos

Bar do Evaldo é tesouro escondido nos Campos Elíseos

Famoso na vizinhança pelos lanches, Evaldo Del Lama é apaixonado por música e toca o bar na Rua Minas há 40 anos.
26/08/2018
Editorial
Educando e transformando as relações alimentares

Educando e transformando as relações alimentares

Conheça a escola gratuita que oferece merenda vegetariana, conscientização alimentar e aulas de cultivo
30/08/2017
Comente aqui:
Voltar para a página anterior
download edição atual
FAROFA #01
artigos

Fran Micheli

Fran Micheli

Sobre salsichas e pessoas em conserva

Aline Silva

Aline Silva

5 Reflexões para o seu café, bar ou restaurante

Bia Amorim

Bia Amorim

Aquele arroz doce doido de bom, OMADDM

Fred Banionis

Fred Banionis

Assepsia cervejeira

Bia Amorim

Bia Amorim

Café, a locomotiva de todos os dias

Aline Silva

Aline Silva

COMO AS REDES SOCIAIS MUDARAM O RELACIONAMENTO DOS RESTAURANTES

saiba antes, saiba mais: